Porto de Roterdã valida acordo para administrar Complexo Industrial e Portuário do Pecém

Foto: Evilazio Bezerra - O Povo


A administradora do Porto de Roterdã (Holanda) confirmou que selou acordo com o Ceará e parceria compartilhada começa ainda neste ano

01/09/2018

A Port of Rotterdam, administradora do porto de Roterdã, na Holanda, confirmou ontem parceria com o Governo do Estado para administração compartilhada do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp). O Executivo, agora, deve assinar os papéis referentes à sociedade. Da empresa holandesa faltava apenas a aprovação do Conselho da Port of Rotterdam, o que foi validada por Prefeitura de Roterdã e Governo holandês. 

Em conversa com O POVO, César Ribeiro, Secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE) reforçou a importância do acordo, que já vinha sendo negociado desde março de 2017, quando se deu a assinatura do Memorando de Entendimento (Mou), na Holanda. 

Os valores da transação ainda não foram divulgados oficialmente, por conta de termos de confidencialidade. "Logo que tudo for acertado, os valores devem ser divulgados", informou. 

Em relação à geração de empregos no Estado, César Ribeiro explicou que esse não é o objetivo principal do acordo, mas que o impacto econômico deverá acontecer quando o projeto for implantado. 

Ele ainda ressaltou a importância do governador, Camilo Santana (PT), na negociação. "Desde o início ele esteve envolvido com o projeto. Sem a atuação de Camilo, o acordo não seria possível". 

O início da sociedade deve ocorrer ainda em 2018, mas, sem data definida.

Em julho deste ano, A Companhia do Cipp (Cipp S/A) comprou mais de R$ 10 milhões de ações da Admnistradora da Zona de Processamento de Exportação (ZPE), passando, assim a controlar todo o Cipp. Roterdã deve ter cerca de 20% do controle acionário.



0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]