Ceará vence o Atlético-MG no Castelão e entra na zona da Sul-Americana


Foto: Lucas Moraes/Cearasc.com
29/10/2018

O Ceará deu mais um passo importante na luta para fugir do rebaixamento. Jogando diante de mais de 36 mil torcedores na Arena Castelão, o Vovô fez bem o dever de casa e venceu o Atlético-MG por 2 a 1 na noite desta segunda-feira (29), em jogo que fechou a 31ª rodada da Série A do Brasileiro.

Com o resultado, o Alvinegro de Porangabuçu chegou aos 37 pontos, subiu mais duas posições e alcançou a 13ª colocação, entrando, pela 1ª vez no Campeonato, na Zona de Classificação para a Copa Sul-Americana e abrindo 3 pontos do Z-4.

Pressionando desde o começo, o Alvinegro conseguiu abrir o placar logo no início de jogo. Aos 9 minutos, Juninho Quixadá pressionou a saída de bola e viu o chutão de Maidana explodir em sua perna e morrer no fundo do gol, sem chances para Victor.

Os donos da casa seguirem em cima, levando vantagem nas jogadas de bola pelo alto. O Galo preferia o toque de bola. E na tabelinha, em linha de passe do trio de ataque, chegou ao empate. Cazares tabelou com Ricardo Oliveira (que recebeu a bola em posição de impedimento) e bateu na saída do goleiro, empatando o jogo. Apesar da irregularidade, a arbitragem validou o gol: 1x1.

Ainda no 1° tempo, o Ceará obrigou o goleiro Victor a fazer duas grandes defesas, em cabeçada de Tiago Alves e chute de Felipe Azevedo à queima-roupa.

Na etapa final, Lisca reforçou o meio-campo com a entrada de Pedro Ken na vaga de João Lucas. O gol da vitória viria em nova falha da zaga atleticana. Aproveitando uma sobra de bola na área, Leandro Carvalho recebe na diagonal da área e bate cruzado. A bola passou longe do gol alcance de Victor e estufou as redes.

Nos minutos finais, o Galo pressionou, Lisca 'fechou' o time na defesa, colocou mais um zagueiro, depois mexeu no toque e o Ceará conseguiu segurar o resultado.

O Ceará volta a campo na próxima segunda-feira, dia 5, para enfrentar o Sport, no estádio Ilha do Retiro, em Recife, em jogo marcado para as 20h. A partida é válida pela 32ª rodada do Brasileirão.

BRUNO BALACÓ | O POVO

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]