2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 13 de Abril de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.559

Programa Jovem Empreendedor Rural concede quase R$ 18 mil em crédito para financiar projetos de jovens de São Gonçalo do Amarante

Por meio do programa, que conta com apoio do Instituto EDP, seis Projetos de Negócios criados e geridos por jovens de comunidades rurais da região receberam o incentivo financeiro e já estão aplicando o crédito em seus empreendimentos 

São Gonçalo do Amarante, 26 de Março de 2021 

Ao longo dos últimos seis meses, jovens empreendedores de comunidades rurais próximas à Usina Termelétrica Pecém, controlada pela EDP, foram capacitados pelo Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), curso de empreendedorismo e financiamento do próprio negócio. Ao final da formação, executada pela organização social Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) com financiamento da EDP e apoio do Instituto EDP, seis projetos de jovens participantes do programa receberam financiamento para desenvolver seus empreendimentos. 

O crédito, de aproximadamente R$ 3 mil para cada jovem empreendedor rural, foi concedido pelo Fundo Veredas, estratégia de microcrédito desenvolvida pela Adel, que recebeu investimentos financeiros do Instituto EDP. No total, foram destinados R$ 17.660,25 para os projetos aprovados, dentre os 19 habilitados que solicitaram os recursos financeiros. 

O Programa, destinado a jovens com idade entre 18 e 32 anos com Ensino Médio completo e que vivem nas comunidades rurais e semirrurais como Parada, Pecém, Siupé, Taíba, Croatá, Violete ou na sede do município de São Gonçalo do Amarante (CE), formou 27 jovens empreendedores, entre os 30 inscritos inicialmente. Aqueles que concluíram o curso tiveram seus projetos apresentados e certificados por uma banca examinadora, que contribuiu com sugestões de aprimoramento para o desenvolvimento dos empreendimentos. Entre os projetos de negócios apresentados estão criação de ovinos, loja de moda praia, mercadinho, perfumaria, barbearia, pizzaria, lanchonete etc. 

Entre setembro de 2020 e março de 2021, o Programa Jovem Empreendedor Rural, por meio do curso Protagonismo e Empreendedorismo de Negócios e de Impacto Socioambiental, ofereceu 115 horas de tutoria e assessoria online e presencial para apoio aos jovens na elaboração dos Projetos de Negócios. O curso foi inteiramente gratuito e contou com formação híbrida (com momentos presenciais e a distância, obedecendo todas as recomendações de saúde e segurança diante da pandemia da Covid-19). 

Ao todo, a EDP investiu R$ 95 mil na realização do programa, que contou ainda com o apoio de outros parceiros articuladores como a Associação das Famílias do Pecém (ASFAP) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de São Gonçalo do Amarante. 

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) 

O programa cria oportunidades para o desenvolvimento de empreendimentos por jovens empreendedores por meio de uma abordagem integrada. Desde 2009, possibilita a adolescentes e jovens, com idade entre 14 e 32 anos, o acesso a conhecimento, crédito orientado, redes e tecnologias, estratégias consideradas adequadas pela Adel para sua atuação em comunidades rurais. A iniciativa já beneficiou cerca de 3.000 jovens empreendedores. A maioria desses jovens permanecem em suas comunidades. Há dez anos sendo aplicado no Ceará, em 2019 o Programa consolidou seu processo de expansão para o Amazonas e esse ano será realizado também em duas instituições públicas de ensino no Rio Grande do Norte. 

Sobre o IEDP 

Desde que foi fundado em 2009, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de três milhões de pessoas, em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2019, iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 82 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde. 

Erika Mavignier

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor