2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 23 de Julho de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.659

AECIPP realiza palestra com vice-presidente do Grupo Aço Cearense sobre logística

01 de Julho de 2021

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) realizou na última terça-feira (29), por meio do seu Fórum de Logística, um encontro virtual com a temática “A importância da Logística na Aço Cearense”. A iniciativa contou com a participação de Ian Corrêa, vice-presidente de Operações do Grupo Aço Cearense.

O evento foi virtual e aberto para associados e para o público em geral. Ian Corrêa apresentou o Grupo Aço Cearense e discorreu sobre os processos que tornaram o Grupo uma referência no setor, com uma logística ágil e pulverizada, que garante a chegada de seus produtos em todos os estados brasileiros, contemplando as necessidades de pequenas, médias e grandes empresas.

Para Ian Corrêa, é primordial investir em inovações para o setor. “A logística do Grupo Aço Cearense é um grande diferencial para o atendimento aos nossos clientes. Por isso apresentamos no encontro as características e métodos praticados no Grupo, apresentando as ações e tendências que utilizamos em busca de um serviço de excelência”.

Sobre o Palestrante

Ian Corrêa é vice-presidente de operações e faz parte do Conselho de Administração do Grupo Aço Cearense, grupo empresarial que atua há 41 anos no mercado do aço, e possui cerca de 4.000 colaboradores diretos e faturamento anual em 2020 acima de R$ 3,6 bilhões.

Fórum de Logística AECIPP

O Fórum de Logística tem o intuito de apoiar a promoção e a integração de vetores visando maior competitividade das empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). Entre as principais atividades desenvolvidas pelo Fórum estão elaboração de estudos dos impactos do novo modelo de gestão compartilhada do CIPP entre Cearáportos e Roterdã; realização de ações estratégicas que possibilitem o aumento da capacidade de vagões para novos serviços do Porto do Pecém; ampliação da eficiência e área de armazenagem portuária do Pecém; agilidade nos trâmites de desembaraço aduaneiro de cargas do aeroporto para o CIPP (DTA) e articulação junto ao governo estadual para a conclusão das obras viárias de integração logística.

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor