2

São Gonçalo do Amarante - CE - Terça-feira 21 de Setembro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.719

CSP é aprovada nos Princípios do Equador

A avaliação é adotada pelo setor financeiro internacional para identificar os aspectos ambientais e sociais de empresas 

São Gonçalo do Amarante, 03 de março de 2021

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) foi aprovada em auditoria externa que avaliou a conformidade da usina com os Princípios do Equador (Equator Principles Financial Institutions – EPFIs) no mês de fevereiro. A verificação garante às instituições financeiras internacionais signatárias desses princípios que os projetos financiados por elas são desenvolvidos de forma socialmente responsável, refletindo as boas práticas de gestão ambiental. 

A auditoria é independente, anual e se aplica globalmente a todos os novos financiamentos de projetos de setores industriais. A CSP foi auditada no último mês de dezembro pela empresa Mott MacDonald, que emitiu o relatório com a confirmação do resultado neste mês de fevereiro. Os procedimentos foram realizados de maneira remota pela primeira vez, garantindo segurança em relação à Covid-19. O órgão avaliador auditou possíveis impactos ambientais, sociais e as ações preventivas e protetivas adotadas pela empresa.  

Enfrentamento à Covid-19 e relação com comunidades 

Raquel Chaves, coordenadora de Gestão Integrada da CSP, informa que entre os pontos positivos destacados pelos auditores estão os esforços da companhia no enfrentamento à pandemia de Covid-19. “Eles elogiaram as ações de relacionamento com as comunidades; as doações de kits com máscaras e itens de higiene para profissionais de sete postos de saúde em São Gonçalo do Amarante e Caucaia; e a adoção de cuidados preventivos com os empregados", revelou a gestora.

A auditoria também considerou favorável a recertificação ISO 14001 da CSP em outubro de 2020, o que atesta a adoção das melhores práticas econômicas e ambientais pela usina. “Esta é a sexta auditoria que recebemos no formato atual e os resultados são cada vez mais positivos, mostrando a aderência da CSP aos Princípios do Equador. O relatório informa ainda que nenhuma ação da CSP foi definida como alto risco. As ações da empresa foram classificadas em 88% de baixo risco e 12% de risco médio”, detalhou Raquel Chaves. 

O que são os Princípios do Equador? 

A avaliação aborda 19 diretrizes. São verificadas, por exemplo, as condições socioambientais; a proteção dos direitos humanos e da saúde pública e segurança da comunidade; a proteção do patrimônio cultural e arqueológico; a proteção e conservação da biodiversidade; a gestão e o  uso sustentável de recursos naturais renováveis; questões trabalhistas e de saúde e segurança ocupacional; impactos socioeconômicos; geração, transmissão e uso eficientes de energia; controles de poluição (efluentes líquidos e emissões atmosféricas) e gestão de resíduos sólidos e químicos e outros aspectos. 

Para a CSP, a auditoria atesta a relevância, qualidade e compromisso do trabalho desenvolvido no campo social, por meio do Programa Diálogo Social, e de meio ambiente, com o gerenciamento de ações estruturadas e contínuas de proteção à vida. Essas diretrizes atendem também às exigências dos bancos signatários.

Outras certificações importantes 

Em janeiro, a CSP recebeu a Certificação de Conteúdo Local ANP, que qualifica a usina cearense a fornecer placas de aço para a indústria de Petróleo e Gás Natural no Brasil, com a Petrobras. É um mercado com grande potencial de consumo de aços de alta tecnologia (HTS). Em 2020, a CSP desenvolveu mais 29 aços HTS, chegando a 116 no total.  

Outras conquistas importantes recentemente, em 2020, foram a recertificação ISO 14.001:2015, atestando, mais uma vez, o compromisso da empresa com a proteção ao meio ambiente e as certificações IATF e ISO 9001. Com a IATF, a CSP está apta a fornecer aço para o setor automotivo, atestando uma série de requisitos internos, além de ter um produto premium. Já a ISO 9001 atesta o sistema de gestão de qualidade da empresa, que estabelece diretrizes para a produção do aço, com o objetivo de tornar a siderúrgica do Pecém uma referência mundial em segurança, qualidade, custo, desenvolvimento tecnológico e sustentável. Além destas, a siderúrgica cearense mantém outras dez certificações.

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor