2

São Gonçalo do Amarante - CE - Domingo 19 de Setembro de 2021 - Ano: XIII - Edição: 4.717

Jovens de São Gonçalo do Amarante fazem curso de cinema

Fotos: divulgação (edição realizada antes da pandemia)

São 18 encontros virtuais, promovidos de abril a julho, com temáticas voltadas à linguagem audiovisual, novas mídias, cultura e sustentabilidade

São Gonçalo do Amarante 24 de Maio de 2021

Sessenta alunos de escolas públicas de São Gonçalo do Amarante/CE estão participando do projeto Rede Brazucah, com aulas virtuais de gestão de mídias sociais, produção audiovisual, cultura e sustentabilidade. Serão um total de 18 encontros, ministrados desde abril  e que prosseguem até julho de 2021, sempre às terças e quintas, das 19h às 21h, totalizando 80 horas de formação. O projeto resultará numa mostra de cinema online, que vai contar com as obras produzidas pelos alunos, incluindo um documentário que será realizado no final da formação. Essa nova edição do projeto é viabilizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da EDP, apoio do Instituto EDP e realização da Brazucah Produções, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Durante as aulas, os jovens estão tendo acesso, entre outras temáticas, a conteúdos de linguagem de cinema (como técnicas de captação, montagem e finalização), princípios e possibilidades de novas mídias (incluindo produção audiovisual na era da internet), bem como fundamentos de sustentabilidade. Destaque para o encontro “Introdução aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, uma das principais pautas da Organização das Nações Unidas (ONU).

“As aulas foram pensadas com o objetivo de instigar o debate e a reflexão dos jovens sobre temas sociais, culturais e de sustentabilidade, além de propiciar um aprendizado sobre as diferentes técnicas das produções audiovisuais", explica Raphael Alario, coordenador da Rede Brazucah.

Além do conteúdo programático, os jovens recebem material didático, acompanhamento pedagógico a distância e indicações de textos, filmes, sites e vídeos temáticos para complementarem a referência audiovisual. O conteúdo produzido durante a atividade de formação será exibido em sessões do projeto Cine Solar, também ligado à Brazucah Produções e o primeiro cinema do país movido inteiramente à energia solar.

De acordo com a analista de Responsabilidade Social da EDP/UTE Pecém, Danielle Viana de Araújo, o projeto Rede Brazucah tem uma proposta atual em formar jovens como agentes culturais, para que os mesmos possam atuar no desenvolvimento local e fortalecer seu pertencimento à comunidade.

“O projeto se faz ainda mais necessário neste contexto de pandemia mundial e necessidade de isolamento social, já que as produções audiovisuais são fonte de divertimento para as pessoas. E com objetivo de fomentar esse protagonismo dos jovens na comunidade onde atua, a EDP escolheu patrocinar esse projeto aprovado pela Lei Rouanet, pois a empresa acredita que ampliar o acesso à educação, informação e formação de jovens são uma excelente oportunidade para o desenvolvimento da própria sociedade”, avalia Danielle Viana.

Sobre a Rede Brazucah

A Rede Brazucah alia cinema e educação e já formou mais de 1000 alunos. O projeto leva a exibição de filmes brasileiros para dentro das salas de aulas de instituições de ensino, além de capacitar alunos e professores para produzir sessões, mediar debates em suas escolas e utilizar o audiovisual como ferramenta pedagógica. A Rede Brazucah utiliza a estrutura de auditórios e equipamentos audiovisuais das próprias escolas e universidades, transformando estes espaços em salas de exibição para os alunos e a população local. Neste momento de pandemia de Covid-19, os encontros estão sendo ministrados de forma virtual.

Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, além de atuar em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Foi eleita em 2020 a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em Governança e Sustentabilidade, estando há 15 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. No Ceará, a EDP é responsável pela UTE Pecém, em São Gonçalo do Amarante/CE.

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor