2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 25 de Junho de 2022 - Ano: XIV - Edição: 4.994

Encontro de Lideranças de São Gonçalo do Amarante e Caucaia apresenta resultados obtidos pelas comunidades em parceria com a CSP

Os participantes realizaram visita guiada para conhecer a produção de aço sustentável e celebraram com a CSP o balanço de ações sociais de 2021

São Gonçalo do Amarante 17 de dezembro de 2021

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) reuniu lideranças comunitárias de São Gonçalo do Amarante e Caucaia para o Encontro de Lideranças 2021, com o tema "Siderúrgica Perto de Você”. Participaram cerca de 80 representantes de comunidades vizinhas à usina, gestores de associações, empreendedores locais e agentes de saúde, que moram em Pecém, Parada, Acende Candeia, Bolso, Paul/Varjota, Caraúbas e Matões. O evento aconteceu nesta quarta, 15/12.

A programação incluiu a apresentação dos resultados das ações sociais conjuntas da CSP com as comunidades; uma visita guiada para todos conhecerem a estrutura que produz o aço; um almoço de confraternização; e a entrega de brindes de agradecimento pela visita: uma foto coletiva feita no local da primeira placa de aço produzida na siderúrgica.

Novas perspectivas e realidades

"Esse é mais um esforço de uma empresa que quer ajudar a comunidade que está em seu entorno e gerar riqueza para essas famílias também. Com o diálogo e troca de informações, a gente avança. Eu acredito muito nisso", disse o gerente Geral de Relações Institucional, Comunicação e Relações com Comunidades, Ricardo Parente, durante a abertura do evento, no auditório do Centro de Treinamentos da CSP.

Prestes a completar 10 anos de atividades de contato e diálogo com as populações vizinhas à CSP, a gerente de Relações com Comunidades, Cristiane Peres, destacou a oportunidade de celebrar as conquistas ao longo do ano. “Tivemos muita parceria, ajuda mútua, ações de diálogo entre a CSP e as comunidades. Apesar da pandemia, a gente não parou de conversar e ter ação social. E motivo de muita celebração essa aproximação, amizade e resultados”.

Durante o evento, a CSP apresentou o impacto positivo dos Programas de Diálogo da CSP e seus canais:

  • Canal Embaixadores do Diálogo, formado por 98 empregados que moram na região;
  • Comunidade Online, um informativo quinzenal enviado para 2.906 moradores por WhatsApp;
  • Encontro de Lideranças Comunitárias, para o compartilhamento do balanço anual;
  • Teia Comunitária, para a construção de uma rede de cooperação regional com 131 moradores e 20 projetos realizados;
  • Canal Porta a Porta, com visitas às comunidades vizinhas e o total de 1.345 interações presenciais e online;
  • Programa de Visita à CSP, para conhecerem de perto da produção do aço sustentável da CSP;
  • A Ouvidoria, que é o canal de denúncias, reclamações e elogios (0800.280.5502). 

Viabilização de R$ 500 mil em patrocínio

Para cooperar com o desenvolvimento regional e ser uma agente de mudanças, a CSP também promove programas e projetos. O Território Empreendedor selecionou 90 empresas locais para capacitá-las a tornarem-se fornecedores de grandes empresas do Ceará; o programa de Parcerias possibilitou patrocínio de mais de R$ 500 mil das empresas CBMM e POSCO/POSCAN a quatro projetos sociais desenvolvidos nas comunidades; e o programa Voluntários da Alegria ajudou 3.319 pessoas com 2.476 itens doados em 2021, entre alimentos, livros e brinquedos.

A Maíra Oliveira mora no Assentamento da Parada e foi contemplada com doações dos Voluntários da Alegria. "Lá em casa as coisas não estavam muito bem, então foi uma bênção ter recebido a cesta básica. E meus filhos também ganharam brinquedos. Eles ficaram muito felizes quando chegaram da escola com os brinquedinhos deles", contou emocionada.

A Pedrina Miranda, que mora no Pecém, tem um filho que trabalha na Coqueria da CSP, em empresa terceirizada, e outro filho que realizou curso profissionalizante na Associação das Famílias do Pecém (ASFAP), promovido por meio do Programa de Parcerias da CSP. "Esses cursos têm trazido muitos benefícios para os jovens, para que eles venham a se empenhar, se profissionalizar. Eu tenho somente a agradecer a CSP por dar essas oportunidades e novas perspectivas. Que venham mais e mais cursos", compartilhou.

O Márcio Carneiro mora na Vila Gorete, é mecânico industrial e trabalha na Manutenção da CSP, por meio de terceirizada. Para ele, a iniciativa da CSP de relacionamento com as comunidades impulsiona transformação e progressos para todos. "Essas ações são muito importantes para ouvirem as necessidades, o que pode ser feito, dialogar, pra que essa riqueza gerada possa chegar ao morador local e os jovens possam ter um futuro melhor. E nós estamos aqui para contribuir com isso", agradeceu.

Dentre os convidados para o encontro, estiveram representantes das associações Pecém Eu Te Amo; dos Moradores de Vila Gorete; dos Moradores da Varjota e de Paul; dos Moradores de Acende Candeia de Baixo; dos Moradores de Acende Candeia de Cima; dos Moradores do Bolso; da Associação Comercial e Empresarial de Matões, de São Gonçalo do Amarante e do Pecém; da COOPERLEV; e da Associação dos Empreendedores Turísticos de São Gonçalo do Amarante.

0 comments:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor