São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - Segunda-feira 25 de Maio de 2015 - Ano: VII - Edição: 2.405 - Visitas: 7.436.291 - Postagens: 25.374 - Comentários: 9.570

Luciano Huck e Angélica chegam a São Paulo, após pouso forçado no MS

Luciano Huck, Angélica e filhos chegam a SP

Casal, filhos e babás estavam em avião que desceu em fazenda no MS. Eles foram levados ao Hospital Albert Einstein, na Zona Sul


25/05/2015 - Os apresentadores Angélica e Luciano Huck chegaram a São Paulo na noite deste domingo (24). Dois aviões vindos de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, pousaram no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista. De lá, seguiram de ambulância para o Hospital Albert Einstein, no bairro do Morumbi, onde entraram por volta das 22h40. Lá, passaram por uma bateria de exames.

O casal, três filhos e duas babás estavam no avião que fez pouso forçado em uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande na manhã deste domingo. O piloto Osmar Frattini, de 52 anos, afirmou ao G1 que a aeronave sofreu uma falha na bomba de combustível.

A Santa Casa da cidade informou em nota divulgada por volta das 15h deste domingo que não foi "diagnosticado nada grave" em nenhum dos pacientes atendidos após o incidente. No começo da tarde, a diretora técnica do hospital, Priscila Alexandrino, disse que havia a suspeita de que Angélica tivesse sofrido fratura na bacia e Luciano Huck, em uma vértebra.

Mais tarde, em nota, o hospital divulgou que a família passou por "exames de raio-x, tomografia e demais procedimentos" e todos passam bem. A pedido dos familiares, ainda segundo a nota, não serão divulgadas novas informações sobre o quadro clínico dos pacientes.


Leia mais no G1
[ Leia completa ]

ENEM 2015 inscrições começam nesta segunda-feira (25)


Candidato que não conseguir isenção terá que pagar taxa de R$ 63. Exame será realizado em 24 e 25 de outubro


25/05/2015 - As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 começam nesta segunda-feira (25). A previsão do Ministério da Educação (MEC) é que elas comecem a partir das 10h no site do Inep.

Veja abaixo um resumo e como saber mais sobre: inscrições, taxa, pedidos de isenção, local de prova e dicas para obter os melhores resultados:

ORGANIZE-SE
Prazo de inscrições
Inscrições serão entre 25 de maio e 5 de junho. Ela só será "confirmada" após o pagamento da taxa de R$ 63 até as 21h59 do dia 10 de junho.

Taxa de inscrição
Até 2014, o valor era R$ 35. Agora, passa a ser de R$ 63.

Quem é isento de taxa?
Estudantes da rede pública no último ano do ensino médio estão automaticamente isentos. Além deles, podem obter isenção candidatos que comprovarem carência, segundo as regras do edital.

Baixe o edital do Enem
O edital do Enem 2015 está disponível para downloadem PDF.
Cartão de inscrição
Terá que ser baixado ou consultado diretamente no site do Inep sobre o Enem.

Duração das provas
No primeiro dia, ciências humanas e ciências da natureza terão 4 horas e meia de duração. No segundo dia, linguagens, matemática e redação terão 5 horas e meia de duração.

Horário das provas
Portões serão fechados às 13h (horário oficial de Brasília). Mas, dessa vez, as provas só começam 30 minutos depois do fechamento dos portões.

Sabatistas
Os sabatistas no Acre, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Roraima poderão fazer as provas do sábado às 19h do horário local. Nos demais estados, a prova do primeiro dia para os sabatistas começa às 19h do horário de Brasília.

Punição para faltas no Enem
Quem for liberado da taxa e faltar nos dois dias do exame em 2015 terá obrigatoriamente que pagar a inscrição em 2016.

[ Leia completa ]

Brasileirão 2015 - Série A - Classificação 3ª Rodada

Clique na imagem pata ampliar


24/05/2015
Notícias relacionadas:


[ Leia completa ]

Avião com Angélica e Luciano Huck faz pouso forçado em uma fazenda em MS

Angélica e Huck
Avião com Angélica e Luciano Huck

Bimotor levava 9 pessoas: filhos, babás e tripulação também não se feriram. Incidente ocorreu perto da rodovia MS-080, a 30km de Campo Grande


24/05/2015 - Uma aeronave de pequeno porte fez um pouso forçado na manhã deste domingo (24) na área de uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Estavam no bimotor o casal de apresentadores Angélica e Luciano Huck, acompanhado dos três filhos e de duas babás. A tripulação era composta por um piloto e um copiloto.

Segundo a assessoria da Santa Casa de Campo Grande, Angélica sofreu escoriações. Todos passam bem e foram submetidos a exames. A família deve seguir ainda neste domingo para São Paulo.

Angélica está com equipe no Pantanal de Mato Grosso do Sul para gravar temporada especial de Estrelas (veja fotos e leia mais abaixo).

Angélica mostra o look do primeiro dia de gravações (Foto: Gabriel Nascimento/Gshow)

COMO FOI O ACIDENTE
De acordo com o Corpo de Bombeiros e com a Aeronáutica, o pouso forçado ocorreu em uma propriedade nas imediações da rodovia MS-080, na saída para a cidade de Rochedo.

A aeronave tinha decolado de Estância Caimam, em Miranda, perto de Bonito, e seguia para Campo Grande.
Perto da aproximação para o pouso, às 10h52, o piloto avisou à Torre de Controle em Campo Grande que estava em situação de emergência e que faria pouso forçado.

Helicóptero foi usado no resgate de feridos; copiloto foi levado para UPA. (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

RESGATE DOS FERIDOS
O Coronel Hudson Farias de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, informou que os feridos foram levados em quatro carros dos bombeiros e ao menos um deles foi resgatado de helicóptero.

Segundo o coordenador do Samu, Eduardo Cury, o copiloto foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitária.

MODELO DO AVIÃO
Segundo a Aeronáutica, o avião envolvido no acidente é um Embraer, modelo 820C, matrícula PT-ENM. A aeronave pertence à empresa MS Táxi Aéreo.
O avião estava com a documentação regular, segundo registros disponibilizados no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A inspeção anual de manutenção tinha validade até 12 de junho de 2015.

INVESTIGAÇÃO
Um helicóptero da Base Aérea de Campo Grande foi enviado para apoiar nos trabalhos e acompanhar a investigação. No fim da manhã, técnicos do Quarto Serviço de Prevenção e Investigação de Acidentes (SEPIPA 4) já foram deslocados para realizar a perícia e conduzir as apurações.

GRAVAÇÕES DE ESTRELAS
A apresentadora Angélica e a equipe estavam em Mato Grosso do Sul  para realizar gravações para o programa Estrelas, da TV Globo. De acordo com o GShow, a apresentadora grava nova temporada especial no Pantanal.

A produção levou convidados para apresentar receitas locais, realizar safári fotográfico e conduzir apresentações musicais. Rodrigo Simas, Daniel Rocha, Cristiano Araújo, Munhoz & Mariano foram alguns dos convidados.

Nas redes sociais, o casal registrou a viagem. Angélica publicou em sua conta no Instagram que estava a caminho de gravações no Pantanal na terça-feira (19). "Partiu!", escreveu.

Acompanhando Angélica, Luciano Huck publicou fotou da apresentadora no Pantanal na sexta-feira (22). "Minha pantaneira", brincou. E no sábado (23), o apresentador colocou no ar um vídeo da paisagem do local. "Que lugar lindo", afirmou.


Leia mais no G1
[ Leia completa ]

Palmério Dória explica ao neto de FHC como foi a reeleição


De Palmério Dória ao neto do ex-presidente: “reeleição foi uma bofetada na cara da nação”


24/05/2015 - Após o Presidente Lula sugerir que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso contasse ao neto como foi o processo que culminou na reeleição do tucano, o Conversa Afiada procurou o jornalista Palmério Dória, autor de “O Principe da Privataria“,  para dar uma força ao personagem principal de seu livro.

No livro, Palmério detalha a compra de parlamentares em troca do voto favorável à emenda constitucional que possibilitou ao FHC a reeleição em 1997.

À TV Afiada, o jornalista lembra a entrevista com o ex-deputado Narciso Mendes, que revelou: para deputados do Acre foram pagos R$ 200 mil para votar a proposta.


Com a palavra, Palmério Dória.

[ Leia completa ]

Brasileirão 2015 - Série B - Classificação 3ª Rodada

23/05/2015

Clique na imagem para ampliar



Notícias relacionadas:
[ Leia completa ]

Fortaleza vence Vila Nova no Castelão pela Série C


Partida marcou a estreia do Leão na Série C, jogando em casa

23/05/2015 - O Fortaleza saiu na frente, sofreu a virada e foi valente para ficar à frente novamente no placar e estrear na Série C, em casa, com vitória. O Leão encarou o Vila Nova, na noite deste sábado (23) e venceu o jogo por 3 a 2.

O resultado deixou o Fortaleza na liderança do Grupo A da Série C, com 6 pontos. O Vila Nova dorme na 3ª posição, com os três pontos ganhos na primeira rodada.

Vila Nova melhor na etapa inicial

O jogo foi muito movimentado no primeiro tempo. E foi o Fortaleza que balançou as redes primeiro. Logo aos 8 minutos Pio cobrou escanteio e, livre na grande área, o zagueiro Lima encheu o pé para abrir o placar na Arena Castelão.

O Vila Nova não sentiu o gol no início, criou suas chances e chegou ao empate aos 20 minutos. Na verdade, foi uma trapalhada do atleta Radar, que fez gol contra. A bola foi lançada na área no Fortaleza, o lateral tentou fazer o corte e jogou contra a própria meta.
Emplogado, o time goiano foi pra cima do Leão e conseguiu virar a partida. Aos 35, Frontini apareceu livre na área, recebeu passe e não encontrou dificuldades para fazer o segundo gol do Tigre.

Fortaleza dominante

O segundo tempo pegou fogo. O Fortaleza corrigiu algumas falhas, veio com Maranhão no lugar do lateral Radar e foi só pressão pra cima do adversário. O resultado? Dois gols e novamente a vantagem no placar.

Aos 14, Maranhão acertou belo cruzamento, Pio subiu e mandou de cabeça para o fundo das redes. Não demorou muito e o Leão virou o jogo. Dois minutos depois, Elias deu um passe açucarado para Tinga. Ele cruzou na pequena área e Maranhão finalizou com perfeição.

O Vila Nova até que poderia ter saido do Castelão com o empate, não fosse o gol perdido do atacante Frontini. O atacante recebeu cruzamento da direita e, livre de marcação, próximo a trave, deixou a bola passar e perdeu a chance de fazer o terceiro gol do Tigre. Com mais oportunidades em campo, o Fortaleza ainda criou boas chances de ampliar o placar. Porém, a partida permaneceu inalterada.

3ª rodada

Na próxima partida, dia 1º de junho, o Fortaleza enfrenta o Cuiabá, às 20h15, na Arena Pantanal. Um dia antes, dia 31, o Vila Nova encara o Águia de Marabá, às 16h, no Estádio Zinho de Oliveira, no Pará.


DN
[ Leia completa ]

Ju Isen a musa do impeachment' serve champanhe e caviar ao próprio cachorro


A socialite Ju Isen, que tentou ganhar seus 15 segundos de fama tirando a roupa nas manifestações de março e abril deste ano, fez um novo gesto para sair de sua obscuridade: postou fotos nas redes sociais dando champanhe e caviar a seu cachorro; a notícia serve, segundo o colunista Miguel do Rosário, "para a gente ter consciência de como essa gente é brega"

24 DE MAIO DE 2015

Por Miguel do Rosário, no Tijolaço

(Atenção, a notícia abaixo não é do site Sensacionalista. É verdadeira).

Essa vai para a seção de humor do blog.

Um humor sombrio, com reflexos trágicos na sociedade.

Humor negro, enfim.

Mas humor.

Não é bem uma “notícia”. É uma sessão de fotos com algumas legendas. Eu publico aqui porque entendo que é uma reportagem que explica muita coisa.

Muita coisa mesmo.

Pra começar, para a gente ter consciência de como essa gente é brega, meu Deus!

Como são bregas!

Pai, mãe, obrigado por eu não ser assim!

*


Musa da Manifestação serve champanhe e caviar ao cachorro: ‘Quero uma vida como a minha para todos’

Ju Isen ficou conhecida após aparecer com os seios à mostra em uma protesto em São Paulo

No momento em que o governo anuncia um corte de R$ 69,9 bilhões no orçamento da União, a “Musa da Manifestação” aproveita para ostentar a vida de luxo e “lamentar” a situação do País.


Brasil 247
[ Leia completa ]

Médicos ‘fantasmas’ são indiciados no Paraná. Nenhum é cubano


CGU e Polícia Federal na UFPR identificam “doutores” que abandonam função pública pela qual recebem, enquanto atendem em suas clínicas particulares

por Helena Sthephanowitz publicado 23/05/2015

A partir de auditoria da Controladoria Geral da União (CGU), a Polícia Federal deflagrou na quinta-feira (21) a Operação São Lucas, no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba. Dez médicos serão indiciados pelos crimes de estelionato qualificado, falsidade ideológica, prevaricação e abandono da função pública. Os “doutores” ganham salários de até R$ 20 mil como funcionários públicos concursados, mas pouco apareciam no trabalho, ou apenas batiam o ponto e iam embora atender em consultórios ou clínicas privadas, deixando desfalcado o atendimento na rede pública. O esquema incluía fraude nos cartões ponto e outras pessoas podem estar envolvidas.

A CGU cruzou dados, identificou produtividade muito baixa de alguns médicos, realizando poucos procedimentos e atendimentos, incompatível com a jornada de trabalho, e constatou dez casos mais graves que há muitos anos recebiam salários praticamente sem trabalhar, segundo o delegado federal Maurício Todeschini.

Na auditoria foram constatadas injustificadas divergências na folha de ponto, no Sistema de Informação Hospitalar e na catraca de acesso. Na ocasião, a CGU recomendou a adoção de controles efetivos na jornada de trabalho dos médicos. Nenhuma medida efetiva foi implementada.

A investigação também constatou a existência de médicos com baixa assiduidade, em alguns casos com índices inferiores a 7%. No papel há uma grande quantidade de médicos, como 168 cirurgiões, suficiente para prover um bom atendimento do hospital à população, mas apenas 27 deles realizaram 61,41% das cirurgias. Mesmo entre os mais assíduos, a média de dias de trabalho é baixa (15%). Com isso o atendimento ficava precário com a fila de espera por uma cirurgia cardíaca chegando a 1.354 dias no HC.

A operação recebeu o nome de São Lucas por ser o santo padroeiro dos médicos e mobilizou 50 policiais federais e três servidores da CGU. Cumpriu mandados de busca e apreensão no hospital e interrogou servidores na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Na manhã da sexta-feira (22), diretores do Hospital prestaram esclarecimentos à polícia federal.

A PF não divulgou os nomes dos indiciados nesta fase, alegando que a investigação ainda está em curso, mas informou que os indiciados são médicos renomados na cidade, alguns professores da UFPR. Um deles é dono de um grande hospital privado de Curitiba. Atuavam na ultrassonografia, radioterapia, clínica médica, transplante de medula, nefrologia, cirurgia toráxica e cardiológica, serviços de reprodução humana, radiologia e ginecologia.

Todeschini, afirmou que outros profissionais podem estar envolvidos. “Continuaremos aprofundando a investigação já que a ausência atrasava muito os atendimentos. O parecer da CGU mostra que pacientes ficavam meses na fila e outros médicos acabavam ficando sobrecarregados, principalmente os residentes”, disse.

Além do inquérito da PF, a CGU recomendou à Universidade a instauração de procedimentos disciplinares e acompanhará as medidas corretivas.

A reitoria da UFPR divulgou nota afirmando que determinou a abertura de Processos Administrativos Disciplinares individuais contra os funcionários citados e sindicância sobre os responsabilidade pelas fraudes no controle do ponto, além da imediata imediata implantação do controle biométrico de frequência a todos os 2.900 servidores no HC.


A direção do hospital também emitiu nota dizendo apoiar “incondicionalmente os órgãos de controle em suas ações que visam a apuração de quaisquer irregularidades”. Afirmou que que o registro eletrônico de ponto está em curso, mas ainda não foi implantado em todos os departamentos. Informou que as escalas de trabalho dos profissionais de saúde do HC é publicizada por meio do seu site.

O Conselho Regional de Medicina do Paraná informa que pode abrir sindicância sobre as denúncias e em caso de infrações éticas vai encaminhar os fatos à Corregedoria para apuração. A Associação Médica do Paraná informou que não vai se pronunciar sobre o caso neste momento.

A operação da Polícia Federal teve pouca cobertura nacional pela imprensa oligopolista, mas o interesse público exige maior divulgação, pois casos semelhantes não são raros em unidades de saúde de todo o país. A ampla divulgação presta serviço à cidadania, sobretudo a pacientes do SUS, e serve para dissuadir médicos de praticarem malfeitos.

No ano passado, quando foi implantado o programa Mais Médicos, o Ministério da Saúde precisou contratar médicos estrangeiros, havendo disponibilidade em grande escala apenas de cubanos. Várias entidades médicas brasileiras fizeram ferrenha oposição ao programa, chegando às raias do preconceito e da xenofobia. Felizmente o episódio foi superado. Espera-se dessas entidades proporcional indignação, além de rigor com as más condutas de médicos – como constar da folha de pagamento até aposentar, receber recursos públicos para atender pacientes do SUS que não são atendidos por fraude no comparecimento ao trabalho e pôr em risco as vidas de pessoas que esperam por um procedimento.



[ Leia completa ]

Em jogo movimentado, Paysandu bate Ceará por 2 a 1


Com gols de Yago Pikachu e Fahel, equipe paraense conseguiu sua primeira vitória no certame nacional


Não foi desta vez que o Ceará conseguiu sua primeira vitória fora de casa na Série B 2015. Jogando em Belém, contra o Paysandu, o Alvinegro foi derrotado por 2 a 1. Além do resultado negativo, a equipe de Silas Pereira perdeu, no mínimo, dois jogadores para a outra rodada, contra o CRB, na próxima terça-feira (26). São eles: Marinho, com lesão na coxa, e Fernandinho, que foi expulso. Outro que preocupa é Charles. O zagueiro precisou ser substituído no intervalo, após pancada na cabeça.

Ceará melhor, mas menos eficiente

Como todo bom mandante, o Paysandu começou a partida pressionando o Vovô. Logo aos 2 minutos, Carlos Alberto aproveitou sobra, dominou com estilo, e acertou o travessão. Após alguns sustos, o Ceará passou a controlar mais a partida. A equipe alvinegra tocava a bola no meio campo, procurando espaços na defesa do Papão. Marinho era um dínamo, sempre puxando contra-ataques. Os chutes de longa distância feitos por Ricardinho também assustavam. Aos 24, por muito pouco William não abriu o marcador, aproveitando rebote de Emerson.


Aos 33 minutos, Marinho sentiu a coxa e precisou ser substituído. A saída do camisa 10 alvinegro mudou a dinâmica do restinho da primeira etapa. Wescley não conseguiu fazer o papel que Marinho desempenhava, e o Ceará perdeu volume de jogo. Aos 40, Yago Pikachu recebeu lançamento, Sandro não deu o bote, e o lateral paraense fuzilou Luís Carlos, para festa da torcida bicolor. Depois do gol, Assisinho tentou responder imediatamente mas parou em Emerson.

[ Leia completa ]

O perigoso deslumbramento do juiz Sérgio Moro




23/05/2015 | por : Paulo Nogueira

Moro tem um problema.

Ele virou prisioneiro, como tantas outras pessoas que ele mandou para a cadeia na Lava Jato. 

A única diferença é que ele é prisioneiro de si mesmo.

É o que podemos chamar de MJB, Maldição de Joaquim Barbosa.

JB construiu uma reputação de Batman e logo se tornou ídolo do que há de mais obscuro, reacionário e primitivo na sociedade brasileira.

Desde o começo, os progressistas viram com desconfiança, e depois com franca antipatia, a transformação de JB num justiceiro.

Hoje, merecidamente, ele é abominado e desprezado por todas as correntes de esquerda. Não é um sentimento limitado aos petistas, ao contrário do que JB gostaria.

Moro é o novo JB.

Quem realmente está com ele? Basta ver a triunfal recepção que integrantes do ultradireitista MBL lhe ofereceu numa recente passagem por São Paulo.

Flores, gritos histéricos, pedidos de selfies, nada faltou.

Pausa para registrar o objetivo da visita a SP. Era para prestigiar o lançamento de um livro do qual ele escreveu, com a mulher, o prefácio.

É um livro sobre o médico tarado que se aproveitou de tantas mulheres que buscavam engravidar. O autor é, ele mesmo, um representante do atraso do atraso mental, Claudio Tognolli, pena de aluguel de Lobão, Tuma Jr e outros dinossauros.

Não poderia haver causa menos nobre para pisar em solo paulistano.

Mas está claro que ele se viciou na adulação, no espaço interesseiro que a mídia lhe dá, exatamente como JB.

Agora repare nos efeitos da MJB.

O que acontecerá com Moro caso ele passe a agir racionalmente, sem promover o tipo de justiça partidária antipetista que tem sido sua marca?

A festa vai acabar.

Aconteceu com Aécio. Bastou a ele dizer que impeachment não é coisa para tratar agora para a ultradireita pular em seu pescoço.

O MBL postou uma mensagem agressiva no Facebook quase no tom com que se refere ao PT.

Até o Batman do Leblon se sentiu animado a deixar sua Gotham City imaginária para gravar um vídeo em que Aécio é reduzido a nada.

E Aécio não fez mais que engavetar o impeachment.

Moro, caso aja como juiz de verdade, vai enfrentar a mesma situação. Será imolado em praça pública pelos mesmos que hoje querem erguer estátuas para ele.

Sua vaidade extrema – que outra coisa poderia fazê-lo aceitar um prêmio da Globo num evidente deslize ético para um magistrado? – fará tudo para manter o tratamento de celebridade recebido por alguns e intensamente repercutido pela imprensa.

Era um personagem desconhecido, de alcance local, e agora ele está se empanturrando com a glória nacional.

Não é fácil lidar com isso, e muito menos renunciar aos holofotes, que fatalmente se transformarão em pedras caso Moro saia da linha, a exemplo do que ocorreu com Aécio, o “Arregão”.


É a Maldição de Joaquim Barbosa.

[ Leia completa ]

Aécio Neves, veja os selvagens que você criou, dizendo que você não tem “culhões”


23 de maio de 2015 | Autor: Fernando Brito

Muito daquilo que se diz pode ser bem avaliado pela forma com que se diz.

Quem se expressa de forma acanalhada, pensa acanalhadamente e canalhice produz em parte dos que os ouvem.

Aécio Neves, o PSDB e a mídia brasileira deram palanque a uma gente surgida do nada, de história obscura e atividade desconhecida.

Um deles, Marcelo Reis, líder do proclamado “Revoltados Online” – que co-dirige com a Barbie Fitness que ameaçou ir para os EUA porque o pai era rico e chamou o povo de “imbecis e miseráveis”- publicou um vídeo na internet onde diz que, por não ter apresentado o pedido de impeachment de Dilma, Aécio Neves “não tem culhão” (sic).
Entre outros impropérios, claro.

Esta excrescência é um dos mais notórios “líderes” dos panelaços e marchas endeusados pela mídia.

Infelizmente, ninguém se iluda, a direita brasileira deu , finalmente, à luz a um agrupamento de brutos, incivilizados, agressores (verbais, por enquanto) e valentões.

São os filhos pródigos do tucanato que, ao voltarem para a casa paterna nas eleições, ouvirão que sempre foram amados.

Ao contrário do que diz este energúmeno, você teve, ao menos mentalmente, com o que se reproduzir.


[ Leia completa ]

Novo escândalo atinge o governo do tucano Beto Richa, no Paraná


Um novo escândalo atinge o governo do tucano Beto Richa, no Paraná; nada menos que 291 dos 933 auditores fiscais do estado doaram para a campanha do governador à reeleição, em 2014; destes, 219 foram promovidos e passaram a receber salários de R$ 30 mil mensais, que equivalem ao teto da categoria; doações dos auditores a Richa somam R$ 1 milhão; denúncia enviada ao Ministério Público sustenta que a mulher do governador, Fernanda Richa, foi quem condicionou as doações às promoções

23 DE MAIO DE 2015

O governador do Paraná, Beto Richa, está no centro de um novo escândalo. Segundo reportagem da jornalista Estelita Hassa Carrazai (leia aqui), auditores fiscais do Paraná, acusados de corrupção, doaram à campanha à reeleição de Richa, em 2014, e foram promovidos.

"Na mira do Ministério Público após a descoberta de um esquema de corrupção e pagamento de propina na Receita estadual, auditores fiscais do Paraná doaram à campanha do governador Beto Richa (PSDB) e a outros 25 aliados quase R$ 1 milhão no ano passado", diz a reportagem. "Contribuíram para o caixa eleitoral 291 dos 933 auditores do Estado, com doações individuais. Desses, 219 foram promovidos pouco antes da campanha, em maio. A maioria foi elevada ao teto da categoria, com salários de aproximadamente R$ 30 mil."

Uma denúncia enviada ao Ministério Público sustenta que a mulher do governador, Fernanda Richa, foi quem condicionou as doações às promoções.

De acordo com os auditores e a campanha de Richa, as doações foram legais e declaradas à Justiça Eleitoral. Um dos auditores, em delação premiada, afirma que a campanha de Richa recebeu R$ 2 milhões de propinas levantadas pelos fiscais para anular dívidas tributárias.


[ Leia completa ]

Sem credibilidade a revista VEJA demite 49 jornalistas


Nem a revista Veja escapa mais do passaralho que tem sido constante na editora Abril; com o fechamento das edições regionais da revista e redução de cargos de direção e até cortes de salários, as demissões atingiram 32 pessoas em São Paulo e 49 em todo o Brasil;  as mudanças, no entanto, não chegaram ao andar de cima, preservando a Direção de Redação (Eurípedes Alcântara) e os redatores-chefes Fábio Altman, Lauro Jardim, Policarpo Júnior (Brasília) e Thaís Oyama

23 DE MAIO DE 2015

Portal dos Jornalistas - Nas várias reestruturações efetivadas pela Editora Abril nos últimos dez ou 20 anos, um único núcleo da empresa manteve-se praticamente intacto e imune às crises de qualquer natureza: a revista Veja, menina dos olhos de Roberto Civita, que nunca deixou chegar à publicação cortes mais profundos. Com a morte dele e o agravamento da crise do mercado editorial, particularmente no segmento de revistas, essa blindagem perdeu vigor e a revista, após anos de uma certa segurança, sofreu este ano cortes importantes, como o anunciado semanas atrás, com várias demissões e o fechamento das Vejinhas BH e DF.

Agora, nos últimos dias, discretamente a revista negociou também as saídas das editoras executivas Vilma Gryzinski, que cuidava dos núcleos de comportamento, estilo e moda, e Isabela Boscov, que ali começou em setembro de 1999, respondendo inicialmente pela parte de cinema, e que, a partir de 2010, também acumulou as funções de editora executiva, respondendo por Artes & Espetáculos. Além delas, também saiu a editora Karina Pastore, do núcleo de saúde, e o colunista Leonel Kaz. Não chega a ser uma despedida completa para Vilma e Isabela, que continuarão como colaboradoras. Vilma, por exemplo, está gravando esta semana o Mundo Livre para a TVeja e Isabela define nos próximos dias os detalhes de sua colaboração, tanto para a revista impressa quanto para o online.

Segundo apurou este Portal dos Jornalistas, a saída do dia a dia da revista permitirá a Isabela retomar a produção de vídeos e sua veiculação pelo youtube; e lançar até o início de julho um blog de Cinema & Séries. Ela começou a carreira na seção de Cultura do Jornal da Tarde, onde trabalhou durante um ano, e de lá foi para a Folha de S.Paulo, ali permanecendo durante seis anos, entre as editorias de Cotidiano, Ciência (que era então um caderno semanal) e Ilustrada. Antes de ser contratada por Veja, dirigiu a revista SET durante cinco anos.

Dois outros editores executivos haviam saído numa fase anterior: Carlos Graieb, quando foi convidado a assumir a Direção de Redação da Veja.com, e Jaime Klintowitz, que exatamente um ano atrás se aposentou. As duas vagas não mais foram preenchidas. De modo que, dos cinco editores executivos que a revista mantinha até 2012, resta agora apenas Diogo Xavier Schelp, gaúcho de Santa Maria, 39 anos, que foi anteriormente repórter e editor de Quatro Rodas, chefe da sucursal de Veja em Porto Alegre, correspondente em Salvador e editor de Internacional da revista em São Paulo. As mudanças, até onde J&Cia pôde conferir, não chegaram a andar de cima, preservando a Direção de Redação (Eurípedes Alcântara) e os redatores-chefes Fábio Altman, Lauro Jardim, Policarpo Júnior (Brasília) e Thaís Oyama.

Embora tenham sido passos discretos, estima-se que o corte total, ao longo das últimas semanas, atingiu 32 pessoas em São Paulo e 49 em todo o Brasil. A revista também negociou uma redução da ordem de 10% nos fees de vários de seus colunistas. Pelo lado dos investimentos, consta que deve cacifar cada vez mais a TVeja, que, como diz um dos profissionais da casa, está bombando. Não é de se duvidar de que alguns dos que agora saem logo recebam proposta da concorrência. É o que se comenta.

[ Leia completa ]

PF deflagra ação contra fraudes em Fortaleza, Guaramiranga, Ibaretama, Independência e Eusébio


A Polícia Federal investiga a participação de empresários e servidores públicos de prefeituras em fraudes em licitações, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro


23/05/2015 - A Polícia Federal (PF) investiga a participação de empresários e servidores públicos de prefeituras cearenses em fraudes em licitações, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. Ontem, como parte das investigações, a PF deflagrou a Operação 'Loop', que culminou no cumprimento de nove mandados de busca e apreensão de documentos e computadores na Capital e também nos municípios de Guaramiranga, Ibaretama, Independência e Eusébio.

Segundo o superintendente regional da Polícia Federal, delegado Renato Casarini, a ação teve como finalidade instruir uma investigação que tramita na Justiça desde 2012. A PF acredita que obras públicas no Estado tenham sido realizadas com a participação fraudulenta de construtoras e o auxilio de funcionários dos setores de licitação e engenharia das prefeituras.

Os prejuízos aos cofres públicos ainda estão sendo contabilizados, mas, segundo a Polícia, somente uma das empresas envolvidas teria lucrado mais de R$ 6 milhões no ano passado. Os valores adquiridos no esquema pelos demais envolvidos podem ultrapassar esse valor.

O chefe da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros e Desvios de Recursos Públicos (Delefin), delegado José Hebert de Lavor Rolim, ressaltou que os investigados já teriam sido alvos de operações federais anteriores. Apesar de não divulgar nomes, o delegado informou que algumas empresas já foram investigadas e tiveram, inclusive, membros presos pela PF nos últimos seis anos.

De acordo com o Hebert Rolim, além de obras, outras áreas também tiveram licitações fraudadas. "A investigação está sob sigilo, mas o que possamos antecipar é que diversas obras públicas foram fechadas com contratos fraudulentos. Estamos investigando outras áreas públicas para comprovar as irregularidades", comentou.

O delegado chefe da Delefin adiantou que os materiais apreendidos passarão por análises para identificar os nomes dos envolvidos nas fraudes. Até o fim da noite de ontem ninguém havia sido preso.

Ibaretama

A Prefeitura de Ibaretama procurou a reportagem por meio da Assessoria de Comunicação e informou que a Polícia Federal apreendeu cinco processos licitatórios referentes ao ano de 2010, ainda da gestão anterior.


[ Leia completa ]

"O PSDB não se tornou somente o partido mais reacionário do Brasil. Tornou-se mais triste que o DEMO”


Para o jornalista Leandro Fortes, a sequência de boas notícias do governo nesta semana, com a Petrobras lucrando mais do que o esperado, os investimentos de US$ 53 bilhões da China no Brasil e a aprovação de Luiz Fachin para o STF, jogaram um balde de água fria no que chamou de "carnaval" montado pela mídia para fazer do programa do PSDB um campeão de audiência; "O PSDB não se tornou somente o partido mais reacionário do Brasil. Tornou-se o mais triste. Mais até do que o DEMO, de Caiado e Agripino, que é apenas patético", criticou; leia íntegra

22 DE MAIO DE 2015

O jornalista Leandro Fortes, colunista do Diário do Centro do Mundo, criticou nesta sexta-feira, 22, o que chamou de "carnaval" montado pela grande midia para fazer do programa do PSDB um um campeão de audiência. Mas as notícias positivas desta semana frustraram os planos, segundo ele.

"O PSDB não se tornou somente o partido mais reacionário do Brasil. Tornou-se o mais triste. Mais até do que o DEMO, de Caiado e Agripino, que é apenas patético", criticou Fortes.

Leia na íntegra:

O PSDB virou o partido dos paneleiros golpistas

Por Leandro Fortes

Por essas coisas do destino, todo o carnaval montado pela mídia para fazer do programa do PSDB um campeão de audiência foi desmontado por uma avalanche de boas notícias.

Boas para o país, bem entendido.

A Petrobras, alçada à liderança mundial das petroleiras, lucrou mais do que o esperado. A China decidiu investir mais de 50 bilhões de dólares no Brasil. O Senado aprovou Luiz Fachin para o STF.

Em contrapartida, o PSDB virou o partido dos latifundiários, dos golpistas, dos paneleiros que agridem crianças nas ruas, dos punguistas que batem carteira e saem gritando "pega ladrão".

O partido que escondeu Fernando Henrique Cardoso, por 12 anos, de suas campanhas políticas para, agora, de forma desumana, usá-lo como um boneco de ventríloquo dos ressentimentos de Aécio Neves.

Um homem de 83 anos, um velho, vociferando ódio para esconder os próprios fracassos e a inveja que não pode ser escondida.

O PSDB não se tornou somente o partido mais reacionário do Brasil.

Tornou-se o mais triste.

Mais até do que o DEMO, de Caiado e Agripino, que é apenas patético.


[ Leia completa ]